ABRIMOS A FASE FINAL DO COMPEONATO COM UMA VITÓRIA FANTÁSTICA

AUTORES DOS GOLS: DAKA (3’, 5’, 11’ DO 1T) E DANTE (13’ DO 1T)

Nossa equipe abre a fase final do campeonato austríaco com uma vitória convincente em casa por 3 a 1 contra o Sturm Graz.

o jogo

Depois dos fogos de artifício hoje à tarde de 8 a 1 do nosso concorrente Rapid Viena contra o WAC, nosso time teve que mostrar garra, e após poucos minutos de jogo, parecia que realmente havia sido proclamado um desafio para ver quem faria a maior goleada. Nossa equipe começou o jogo com uma velocidade incrível e garantiu condições claras desde o início. O jogo acabara de começar quando a rede balançou pela primeira vez. Patson Daka abriu o placar aos 3 minutos ao pegar sobra da defesa e passar facilmente pelo goleiro adversário Siebenhandl.

E isso foi só o começo. Dois minutos depois, aos 5 minutos do primeiro tempo, nosso artilheiro marcou o segundo de cabeçada após receber cruzamento de Brenden Aaronson. E, aos 11 minutos do primeiro tempo, ele conquistou o hat-trick mais rápido da história da Bundesliga. Desta vez, Patson estava posicionado perfeitamente para receber a bola cabeceada de Kristensen e sacudiu a rede mais uma vez, marcando o seu terceiro gol nesta partida.

O adversário - completamente pego de surpresa – ainda tentava entender o que estava acontecendo quando repentinamente surpreendeu nossa equipe com um gol de Dante, que aos 13 minutos pegou o nosso goleiro Cican Stankovic de surpresa com um chute desviado. Após uma fase inicial turbulenta, tudo enfim se acalmou. No restante do primeiro tempo a nossa equipe continuou dominando o jogo e mostrando jogadas criativas, porém não houveram mais finalizações com sucesso.

Após o intervalo, o jogo continuou sendo interessante. As duas equipes jogaram equilibradas e houveram boas chances para os dois lados, porém as melhores foram nossas. Para ser mais exato, não nossas e sim do Daka, que porém não teve sorte na finalização: aos 8 minutos do segundo tempo, ele perdeu a chance de marcar apesar de estar sozinho na frente do goleiro Siebenhandl, e, aos 25 minutos perdeu um pênalti, que foi defendido por Siebenhandl. Para piorar a situação, ele marcou um gol aos 27 minutos, que porém não foi valido devido a impedimento.

O placar foi mantido devido ao bom desempenho do nosso goleiro Cican Stankovic, que estava no centro das atenções do outro lado do campo. Ele sensacionalmente defendeu uma cabeçada de Friesenbichler aos 26 minutos, acabando com as esperanças do Sturm Graz. Não houveram jogadas perigosas na fase final da partida, e mantivemos assim o merecido placar de 3 a 1.

depoimentos

Jesse Marsch

Isso sim é futebol. Uma combinação de estratégia clara e a liberdade necessária para todos os jogadores em campo. O Patson Daka sempre trabalha para a equipe e ele entende claramente o nosso plano tático, e é isso que o torna tão especial. Estamos muito felizes em ter ele na nossa equipe! 

Patson Daka

Eu não tenho palavras. Estou muito feliz e quero agradecer aos meus companheiros. Eu sei que fazer gols não é a única forma de ajudar o time, mas está na minha natureza.

SUBSTITUIÇÕES

Saiu Bernede e entrou Bernardo (21’ do 2T), saiu Junuzovic e entrou Seiwald (32’ do 2T), saiu Aaronson e entrou Adeyemi (32’ do 2T), saiu Berisha e entrou Affengruber (1’ da prorrogação) 

CARTÕES AMARELOS 

Berisha (34’ do 1T/Conduta antidesportiva), Wöber (37’ do 1T/Conduta antidesportiva), Junuzovic (45’ do 1T/Falta), Bernardo (45’ do 2T/Falta) 

DESFALQUES

Walke (Joelho), Vallci (tendão de Aquiles), Okafor, Sucic (Ambas coxas)